domingo, 13 de novembro de 2011

HISTÓRIA DE JONAS

Jonas era um homem que trabalhava para Deus. Era um pregador (homem de Deus que contava aos outros sobre o amor de Deus). Jonas orava todos os dias ao Senhor. Ele amava a Deus. Ele disse a Deus que queria fazer o trabalho que deus queria que ele fizesse. Um dia deus mandou Jonas a um lugar muito, muito longe contar ao povo daquela cidade que eles deviam amar a Jesus. Deus queria que Jonas fosse um missionário (pregador que trabalha em lugares distantes). Mas Jonas não quis ser missionário. Jonas não quis usar seus és e com eles obedecer a Deus. Jonas não quis ir apara um país tão distante e desconhecido. Jonas também não quis usar sua língua e boca e contar às pessoas daquele lugar (Nínive), do amor de Deu. Jonas disse: "Eu não vou! Não quero ir". e Não foi. tomou um barco para um lugar no sentido oposto. Durante a viagem houve uma tempestade e o barco quase afundou. As pessoas do navio descobriram que aquilo era causado pela desobediência de Jonas e o atiraram ao mar. Deus já havia providenciado um grande peixe para engoli-lo. Durante o tempo que passou na barriga do peixe, meditou sobre sua desobediência e como Deus sabia aonde ele estava e como Deus cuidou dele enviando o grande peixe. O peixe o vomitou na praia. Ele foi a Nínive, pregou a todos sobre o amor de Deus e toda a cidade se arrependeu de seus erros e passou a amar a Deus. Que linda história!!

Poesia:


ooo oo oo soprava o vento
as ondas faziam plash, plash, plash o navio de Jonas subia e descia quando as ondas altas e fortes faziam plash plash plash Deus lá em cima amava Jonas e queria que Ele obedecesse então enviou um grande peixe e mesmo dentro do peixe, Deus ainda vigiava Jonas

Gestos:


1. Bata as palmas das mãos para cada plash 2. forme um barco com as 2 mãos. Faça com que ele suba e desça 3. aponte para cima 4. junte as palmas e faça sinais de quem está nadando

Esta uma lição sobre GRAÇA


Agora Jonas não estava mais aborrecido. Não queria mais fugir. Jonas estava desejoso de obedecer a Deus. Agora Jonas desejava ser um missionário de Deus. Jonas queria mostrar a Deus que ele O amava. Sabem o que Jonas fez então? Sim, obedeceu e foi rapidamente para a cidade onde Deus havia mandado ir.

Enriquecimento:


“É chegado o tempo em que haverá no mundo tristeza que nenhum bálsamo humano pode curar. O Espírito de Deus está sendo retirado. Catástrofes por mar e por terra seguem-se umas às outras em rápida sucessão. Quão freqüentemente ouvimos de terremotos e furacões, de destruição pelo fogo e inundações, com grandes perdas de vidas e propriedades Aparentemente essas calamidades são caprichosos desencadeamentos de forças da Natureza, desorganizadas e desgovernadas, inteiramente fora do controle do homem; mas em todas elas pode ler-se o propósito de Deus. Elas estão entre os instrumentos pelos quais Ele busca despertar a homens e mulheres para que sintam o perigo.
Os mensageiros de Deus nas grandes cidades não devem sentir-se desanimar com a impiedade, a injustiça, a depravação a que são chamados a enfrentar enquanto procuram proclamar as alegres novas da salvação. O Senhor aspira confortar cada um desses obreiros com a mesma mensagem que deu ao apóstolo Paulo na ímpia Corinto: "Não temas, mas fala, e não te cales; porque Eu sou contigo, e ninguém lançará mão de ti para te fazer mal, pois tenho muito povo nesta cidade." Atos 18:9 e 10. Lembrem-se, os que se empenham no ministério de salvar almas, que, conquanto haja muitos que não aceitarão o conselho de Deus em Sua Palavra, o mundo inteiro não se desviará da luz e verdade, dos convites de um Salvador perdoador e paciente. Em cada cidade, cheia como possa estar de violência e crime, há muitos que, devidamente ensinados aprendem a se tornar seguidores de Jesus. Milhares podem assim ser alcançados com a verdade salvadora e levados a receber Cristo como um Salvador pessoal.

VISUAIS











Um comentário:

  1. MARAVILHOSA ESTA HISTÓRIA. ELA FALA MUITO AO MEU CORAÇÃO. ABRAÇO

    ResponderExcluir